ORNITORRINCO

COMO TER UMA CARREIRA MUSICAL HOJE

A cantora e compositora Claire Elise Boucher, conhecida como Grimes, escreveu um ensaio para o livro Rookie Yearbook Three, uma publicação da revista americana Rookie. No ensaio ela discute sua experiência na carreira e na indústria da música internacional, dando alguns conselhos para quem deseja ingressar no meio, falando sobre rotina de trabalho, processo criativo, relações profissionais, turnês, etc.

Abaixo um trecho do ensaio, traduzido pelo Douglas Dickel:

Uma coisa de que eu não me dei conta quando eu comecei a fazer música foi que qualquer esforço empresarial envolve contratar pessoas, criar uma empresa e entrar no mundo dos negócios. Então, se você me conhece como artista musical, sabe que, na prática, eu sou também uma chefe. Eu sou a CEO de duas empresas: Grimes Creative Corp e Fairy Tour Corp, e acabei de começar a Roco-Prime Productions, com meu irmão. Isso é simultaneamente muito legal e muito estressante. Eu definitivamente não sou a melhor ou mais experiente chefe. Eu também sou uma chefe jovem, mulher, que pode apresentar um repertório muito particular de desafios práticos e emocionais. Aqui, compilei uma lista de coisas que têm sido úteis para mim enquanto eu tenho me dado conta de como estar no comando, na esperança de que alguma delas possa ajudar qualquer um de vocês que esteja fazendo a mesma coisa que eu (ou seja, aprender a ir adiante).

• Você nunca vai ouvir tanta gente dizendo que você está errado quando você está tendo sucesso. Depois que lancei meu disco Visions, eu perdi um tempo realmente longo surtando porque as pessoas me diziam para dar “o próximo passo” na minha carreira, como eu poderia ser uma melhor “musicista”, que eu preciso de uma banda de apoio etc. Eu agora me dei conta de que (a) nenhuma dessas pessoas têm carreiras musicais e (b) eu perdi muito tempo tentando fazer coisas que me disseram que eram “importantes para qualquer músico profissional” fazer, sem me dar conta de que, como fã, eu estou muito mais interessada em coisas que eu nunca tinha visto antes. A questão é: ouvir os odiadores não tem propósito nenhum. As pessoas julgam qualquer coisa — muitas vezes porque eles se sentem ameaçados. Ignore-os. Eu acho que isso se aplica qua qualquer negócio ou criação, porque o mundo de amanhã não vai se parecer com o mundo de hoje. Fazer alguma coisa diferente é provavelmente melhor do que fazer a mesma coisa que outras pessoas fazem.

• Pule corda. É a maneira mais eficiente de fazer exercícios cardiovasculares em qualquer tipo de clima, sem precisar ir a uma academia. Exercitar-se é muito importante se você tem que lidar com questões de agressividade ou depressão — e qualquer trabalho na indústria do entretenimento vai causar as duas coisas.

• Pare de trabalhar quando você estiver cansado — mas não fique com preguiça. Eu às vezes alterno entre trabalhar 22 horas seguidas e então desmoronar e me dar conta de que eu não tenho que me prender a um calendário fixo e assistir a cada episódio dos Sopranos. Eu não vou sugerir esse sistema. Cronogramas são incríveis: oito horas de trabalho, oito horas de sono. As outras oito horas são jogo livre. (Eu não sou muito boa nessa parte, mas, quando eu me permito fazer, fico bem mais produtiva.)

• Uma vez, Elvis Presley queria gravar um côver da música “I Will Always Love You”, da Dolly Parton, mas com a condição de dar metade dos direitos autorais pra ele. Dolly disse não, e muitos anos depois Whitney Houston cantou a música num filme, e ela se tornou provavelmente uma das músicas mais memoráveis (e lucrativas) músicas de todos os tempos. Então é muito importante manter-se dono da sua propriedade intelectual. Copyright everything. NÃO SE ESQUEÇA DISSO. Existem muitas formas de você ser ferrado se você não registrar os seus trabalhos. Ao mesmo tempo, trate seus colaboradores com respeito e dê os créditos quando são devidos.

• Seja legal com as pessoas que trabalham com você. É de extrema importância tratar as pessoas com gentileza, porque você vai querer que elas trabalhem duro e se preocupem com aquilo que vocês estão construindo juntos. Entretanto, para conseguir terminar as coisas, às vezes você precisa ser firme. Eu sou realmente ruim nisso, mas você absolutamente precisa deixar as pessoas saberem que certa coisa é inaceitável, senão elas poderão continuar fazendo-as, e você vai ficar ressentido com elas, e isso vai criar más vibrações.

• Leia/veja biografias de pessoas que você admira. Eu tenho aprendido mais com essa prática do que com qualquer outra, sério. Também, se você tem alguém por perto que faz o que você quer fazer, faça a ela perguntas e veja ela trabalhando.

• Bette Midler disse uma vez: “Eu acredito firmemente que com o calçado adequado, alguém pode dominar o mundo.” Eu tentava usar salto, e era um desastre. Agora eu sempre priorizo calçados confortáveis. Também, evite usar branco: pessoas ocupadas não tem muito tempo pra trocar de roupa, e branco fica sujo rapidamente (a não ser que você seja Olivia Pope [personagem da série Scandal]). Apenas encontre uma ou duas coisas que sejam cool e que com as quais você também pode dormir.

• Evite namorar alguém que faz o mesmo trabalho que você. Se não tiver escapatória, assegure-se que eles não vai se ressentir com o seu sucesso e vice-versa.

• Tente namorar alguém que cozinhe bem. Isso vai economizar tempo.

• Se você estiver cansado e precisar ficar mais animado, beber um pouco de molho de pimenta puro funciona bem.

• Mantenha uma caneta e um papel ao lado de sua cama. Boas ideias muitas vezes vêm quando você está caindo no sono, e você não vai lembrar delas de manhã.

• Só porque alguém tem mais qualificações que você não significa que essa pessoa seja melhor do que você. Vivemos na era da tecnologia, então você pode googlar qualquer coisa sobre a qual você não saiba. A única coisa que você não pode googlear é como ser criativo e único.

• De fato, a coisa mais importante é parar de duvidar de si mesmo. Isso é basicamente impossível pra mim, mas eu descobri que, se eu agir como uma chefe, eu posso convencer a mim mesma que eu sou uma chefe quando preciso ser uma. Eu copio coisas que eu vi políticos e atores fazendo; eu faço contato visual com as pessoas; tento manter meus ombros pra trás e minha cabeça erguida; eu gesticulo selvagemente e às vezes faço longas pausas (silêncio pode ser bastante intimidativo). Eu tento agir como se eu fosse poderosa, no palco e fora dele. Eu sou frequentemente tratada com desrespeito, mas eu respondo tão respeitavelmente quanto eu posso, porque isso faz um otário parecer estúpido quando você não desliza. Conforme o tempo foi passando, eu fui me dando conta de que as pessoas imbecis foram deasparecendo e eu estou rodeada cada vez mais por pessoas em que eu confio, e com as quais eu compartilho de mútuo respeito — o que, aliás, produz intimidade de verdade.

E aqui um vídeo da Grimes tocando “Oblivion”, música do seu disco “Visions” lançado em 2012.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 08/11/2014 por em Gabriel Pardal.
%d blogueiros gostam disto: