ORNITORRINCO

CHÊIKISPIR


Ilustração: Matt Lawson


Big-big de morango. Instagram. Doce de leite disfarçado de brigadeiro. Big-big de menta. Pirulito que deixa boca azul. Mulher boa tá na cozinha, limpíssima. As vadias tão de peito de fora e cartaz na mão. Música pop não é popular. O menino que parece mas não é. Diz que é cult mas não bebe café. Leite ninho. Big-big de uva. Surdina de noite nem sempre é um bom pedido. Sempre quis brincar num toboágua. Tomates verdes e seriguelas. Bumba meu boi é cousa de Recife. Babaloo foi a escola aprender o bêabá e a danada da professora ensinou a namorar. Toda criança sabe que sete e sete são quatorze. O menino que tem tatuagem de estrela na poupa da bunda. Big-big laranja sem sabor. Ele que morria de vontade duma casa na Irlanda, completou quarenta e tá no Interior da Bahia. Super-man é o herói mais chato da face do planeta dele. Twitter. 140 caracteres de puro deleite. Batom garoto de uva foi edição limitada, boca mole. Lula foi embora e deixou sua versão sem pênis e com um dedo a mais. Brasil, país de muita camaradagem. Gente pequena na cadeia, ouvi dizerem aqui. Gente pequena e pobre, é claro. Cinquenta tons de cinza e gente comprando chicotinho. Franz Kafka dando síncope no túmulo. Facebook deveria se chamar gifsparaqualquermerda. Bala icekiss de eucalipto. Todo mundo fala putaria, eu não. Tem pastor demais nesse planeta e nesse planalto. Super Nintendo tem Mario e cogumelo. Distribua bíblia pra quem esqueceu da massa encefálica. Camaro amarelo pra quem não tem criatividade. Diamante negro (o chocolate, mente pervertida). Novela é que nem sessão da tarde, nunca muda. Malhação é uma obra de arte e eu sou a pessoa mais irônica desse globo azul. Ela que é leitora voraz de best-seller. Big-big de amora. Esse eu inventei só pra falar que existe uma bancada que acha que todo mundo é assim, amora. Ô povo que adora mandar no toba alheio. Clarice Lispector ganha mais popularidade nas redes sociais que a Lady Gaga. A amiga que tá em Paris, do lado da torre êiféu, tira foto dum prato de comida. Big-big de chouriça pra todo mundo!


Udinaldo Júnior é poeta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 14/06/2013 por em Udinaldo Júnior.
%d blogueiros gostam disto: